Fome na gravidez : vou virar a Dona Redonda


Minha gente, pelamordedeus. Que danado de fome é essa??? Jesus, tá difícil a situação! Todo mundo falava que a fome na gravidez é um negócio de doido, mas até agora (aos cinco meses) eu não estava tão comilona. Da semana passada pra cá o negócio apertou e eu enlouquecida devorando tudo. E pior: completamente formiga. E pensar que no início da gestação, até uns três meses e meio, eu não conseguia nem ver coisa doce. Agora já era. Vou virar a própria Dona Redonda, como já me chama uma amiga.

fomenagravidez_comidas
Comer, comer e comer

Pra vocês terem uma noção: domingo jantei, repeti e comi um bom pedaço da sobremesa. Mas cadê preencher o buraco do meu estômago? Precisei parar no caminho de volta pra casa e comer uma tigela de açaí de 1l (UM LITRO)! Claro que meu marido ajudou, mas era muito grande. Voltei pra casa com o bucho esticado.

Ontem eu almocei um prato de carne, feijão, arroz, batata, farofa, mas quando acabou… meu estômago continuava clamando por comida. Precisei, mais uma vez, fazer o complemento.

Se deixar eu como o dia todo, mas estou me controlando. Já que a fome está grande, ando sempre com uma coisinha na bolsa, normalmente frutas. Mas aí vêm dois problemas:

1. Fruta pra mim não tapa nem o buraco – pelo contrário, parece que abre o apetite;

2. Meus desejos são sempre de coisas gostosas e suculentas ao meu paladar. Ou seja, engordativas.

E a fome de grávida é um negócio desesperador! A boca fica cheia d`água, o estômago queima e o bebê mexe loucamente pedindo que você coma logo. Sem contar que quando bate o desejo de alguma coisa parece que você vai ter um troço se não comer aquilo. Hoje, por exemplo, saí do meu pilates com a boca salivando, desejando uma fatia generosa de bolo de chocolate. Não tinha como resistir! Então, cheguei em casa, sentei no sofá e comi de um jeito que chega babava. E Theo feliz da vida aqui dentro, rodopiando.

fomenagravidez_bolodechocolate_essavidademae
Desejo do dia: bolo de chocolate

E aí, como desculpa, posso dizer que aprendi uma coisa com a gravidez: é quase impossível resistir a um pedido encarecido do seu filho. Digo isso a mim mesma e vou comer feliz.

P.s.: claro que, apesar de todos os desejos, estou me controlando para não comer demais e nem comer besteira o tempo todo. Morro de medo de ter diabetes gestacional ou ficar muito acima do peso e prejudicar a minha saúde e a do meu baby. Mas que de vez em quando a gente merece uma escapadinha, ah merece!


Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *