Fazendo Acontecer no Parque da Jaqueira

Gente, venho aqui para escrever sobre um evento lindo que eu e João teremos a honra de participar. Próximo domingo, dia 20, vai rolar o Fazendo Acontecer, lá no Parque da Jaqueira, a partir das 9h, em comemoração ao Dia Internacional da Síndrome de Down – que é na segunda, 21 de março. Vão acontecer várias apresentações de jovens com a trissomia do cromossomo 21 e nós vamos fazer uma participação contando histórias com o nosso projeto, O Baú da Camilinha.

1421196_196439310724537_7040759318759684131_o

O objetivo é conscientizar a população de que os portadores da Síndrome de Down merecem respeito, oportunidades, garantia de seus direitos e inclusão social. As atividades vão acontecer no Econúcleo do Parque da Jaqueira e a nossa apresentação está marcada para as 10h15.

Quem puder ir vai ser ótimo! Estamos bem felizes em levar nossas histórias para esse evento.

Lá vai a programação completa:

9:00 AULA DE ALONGAMENTO – CARLINHOS E ANDRÉ
9:15 AULA DE ZUMBA – PRISCILA
9:30 APRESENTAÇÃO DE FORRÓ – GRUPO DOWN +
9:45 OFICINA DE CIRCO (GRAMADO)
10:15 BAÚ DA CAMILINHA
10:45 APRESENTAÇÃO DE BALÉ – AMANDA
11:00 APRESENTAÇÃO DE FREVO – CAIO
11:15 MARACARTE – INTEGRARTE (GRAMADO)

Esse tal de puerpério

Ontem, conversando com uma pessoa sobre o início da maternidade, depois que o bebê chega nas nossas vidas, parei para pensar no quanto nós, mães de primeira viagem, sabemos pouco sobre esse momento, que não é nada fácil. Então resolvi escrever esse texto, porque acho que todas as mães têm que se informar sobre esse tal de puerpério .

Quando eu estava grávida fiz alguns cursos de gestante. Fiz achando o máximo, pensando que aquelas dicas me seriam fundamentais quando meu bebê nascesse. Eu estava me pre-pa-ran-do. Aprendi a trocar fraldas num boneco – que, obviamente, não se mexe, não chora, não tem vontades -, a amamentar na teoria, quando não há inseguranças, peito rachado, pega incorreta… até sobre higiene bucal dos bebês eu aprendi. Num dos cursos, porém, teve uma coisa que me chamou a atenção e que eu estava curiosíssima pra participar: uma roda de conversa com uma psicóloga, para falar do momento tão delicado que é o pós-parto e  o puerpério.

puerpério
Imagem: Internet

Continue lendo…

Theorizando – Quatro meses de Theo!

Hoje Theo faz quatro meses! êêê!!! E pra comemorar essa data junto com todos que acompanham o blog, a gente preparou um videozinho com algumas fotos dos meses mais felizes das nossas vidas. 🙂

A música do vídeo é Theorizando e está na lembrancinha de maternidade que fizemos pra ele. Nela eu falo um pouquinho do que eu teorizava sobre a vida de Theo, para quando aquele bebezinho chegasse aqui no nosso mundo. Espero que gostem 🙂

Ah! Quem quiser baixar o CD com essa e outras músicas que fiz para Theo é só clicar aqui.

Com quantos meses o bebê pode ir à praia?

Ainda durante a gravidez, eu e João combinamos de passar o Carnaval na praia, bem longe da festa. Isso porque a gente ama Carnaval e não ia dar pra levar Theo com três meses de vida – pelo menos a gente não quis, né?! Há quem leve. Aí pra ficar em casa só acompanhando pela TV era tortura demais! hehehe Então, resolvemos que iríamos para a tranquilidade da Praia dos Carneiros, onde nem o sinal do celular pega direito e a TV era via satélite – ou seja, nada de programação local. Mas me surgiu a dúvida: com quantos meses o bebê pode ir à praia? Fui logo conversar com as pediatras para saber até onde eu poderia ir com ele nessa idade e tomar todos os cuidados para que tudo fosse perfeitinho.

o-que-levar-para-praia-com-bebe-evdm1

Continue lendo…

O que levar para praia com bebê

Se tem uma coisa que eu e João amamos fazer é viajar! Gosto tanto que tenho um blog sobre passeios e viagens, o Passeando. Então claro que sempre nos imaginamos viajando por aí com nosso filhote quando ele estivesse entre nós. E esse momento chegou! êêêê! No Carnaval, auge dos três meses de vida do pequeno, fizemos nossa primeira viagem juntos para a Praia dos Carneiros. A maior diferença em relação às nossas viagens surgiu de cara: a bagagem! Se antes a gente ia com pouca coisa passar um tempo fora, agora a mala é grandona mesmo que para poucos dias. Resolvi compartilhar como foi essa nossa primeira experiência e uma listinha com o que levar para praia com bebê.

o que levar para praia com bebe - evdm

O que levar para praia com bebê

Continue lendo…

O que comprar para recém-nascido

Quando se vai visitar um bebê recém-nascido é de praxe levar um presentinho, né?! Os reis magos deixaram o exemplo! hehehehe Nessa hora muita gente fica na dúvida do que dar. Eu mesma já fiquei várias vezes sem saber com o que presentear e acabei nas roupinhas e sapatinhos, por falta de criatividade e informação. Agora que sou mãe, vejo algumas outras possibilidades legais e já não fico tão na dúvida quanto o que comprar para recém-nascido.

o que comprar para recen nascido bebê

Continue lendo…

Por que os bebês choram para dormir?

As primeiras semanas de um bebê em casa são um pouco desesperadoras. Ele está se adaptando a uma nova vida e precisa de ajuda pra tudo. A cada choro, os pais ficam de cabelo em pé sem saber direito o que fazer. Pode ser fome, cólica, colo, fralda suja… o que muitos pais não sabem é que pode ser sono também. Mas afinal, por que os bebês choram para dormir?

por que os bebês choram para dormir

Quando estamos com sono, simplesmente deitamos, fechamos os olhos e dormimos. Mas os bebês ainda não têm essa capacidade.

Quando a questão é sono os pais querem saber de tudo. Afinal, a privação de descanso no início da vida de um bebê é bem difícil para toda a família. Nesse post você vai ficar sabendo algumas questões interessantes sobre o assunto:

  • Por que os bebês choram para dormir?
  • O que fazer para o bebê não chorar para dormir?
  • Como fazer o bebê parar de chorar?
  • Não cochilar durante o dia ajuda no sono da noite?
  • Quanto tempo por dia o bebê precisa dormir?
  • Por que os bebês acordam durante a noite?
  • O que fazer se o bebê acordar durante a noite?
  • Como fazer o bebê dormir a noite toda?
  • Dicas para ajudar o bebê a dormir bem
Continue lendo…

Por que tanta culpa?

Estou começando minha vida como mãe agora, mas uma coisa já deu pra perceber: a culpa é um sentimento constante na maternidade. É incrível como a gente sente culpa por tanta coisa! Claro que algumas mães mais que outras. Mas se é com o primeiro filho, então, aí é que tudo pesa mesmo.

E a culpa pode ser por besteirinhas ou por decisões maiores. Há quem se culpe por ter dado a chupeta, outras porque deram a mamadeira muito cedo. Há ainda as que morrem porque resolveram sair e deixar ele com alguém por uma horinha e outras que acham que estão fazendo a pior coisa do mundo voltando a trabalhar com poucos meses do filho nascido. Fora a culpa por estar cansada, por querer fazer o bebê dormir mais para dormir também, por se incomodar com o choro estridente, por não conseguir amamentar…

culpa
Imagem: internet

Continue lendo…

Música para falar com Theo

musica-para-falar-com-the

No último post, Camila relatou muito bem todo nosso sentimento de quando Theo nasceu e precisou ficar na UTI após o parto. Eu imaginava que no mesmo dia Theo iria para o quarto, mas, no início da noite, recebemos a visita da pediatra neo-natal com a notícia que Theo tinha convulsionado e, por isso, precisou receber uma medicação. Ela nos alertou que era um situação delicada, falou das possíveis consequências e informou que Theo ficaria mais alguns dias na UTI.

Continue lendo…